relatos-atividades1967-2_page_1

RELATÓRIO DE UM “ARAPONGA” SOBRE ATIVIDADES DA RESISTÊNCIA À DITADURA, EM NITERÓI

Niterói foi um dos focos mais ativos da resistência à ditadura militar instalada a partir de primeiro de abril de 1964. As principais ações da resistência partiam do movimento estudantil e dos operários dos estaleiros navais. Os confrontos entre os […]

Continue lendo...
pensamento-acadc3aamico-01

A LUTA DOS ESTUDANTES PARA A CRIAÇÃO DA UNIOESTE ERA CONTROLADA PELA DITADURA

O jornal Pensamento Acadêmico, órgão de divulgação do Diretório Acadêmico 7 de julho, em sua primeira edição destacou a luta dos estudantes da antiga Facisa  para a criação

img8

DITADURA CONTROLOU E FICHOU MINISTRO LUIZ EDSON FACHIN, DO STF

Em 14 de outubro de 1975, dois agentes da Polícia Federal de Foz do do Iguaçu, se infiltram em um congresso estudantil que estava sendo realizado na vizinha

aarao_reis_versoes_e_ficcoes_Page_1

VERSÕES E FICÇÕES. O SEQUESTRO DA HISTÓRIA

"Talvez o que mais tenha motivado todos os que escreveram os textos aqui reunidos seja a esperança de estes que possam servir às pessoas que não viveram a

Encaminhamento nº384-90.1969.Quata Zona Libera_Page_1

LEI DA DITADURA INIBIA COM EXPULSÃO ESTUDANTES, PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS QUE OUSAVAM CONTESTAR O ESTABLISHMENT

O decreto-lei nº 477, de 26 de fevereiro de 1969, também chamado de “AI-5 das universidades“, foi um ato baixado pelo então ditador general  

cba_presos_politicos_denuncias_atentados_ameaças_prisoes_p032_Page_1

INÚMEROS DOCUMENTOS DENUNCIANDO VIOLAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS NA DÉCADA DE 70

DIVIDIDO

buscando-dilma-224x300

BUSCA À DILMA VANA ROUSSEF EM 1969. INTIMAÇÃO DITAL DA QUARTA REGIÃO MILITAR

EDITAL 4ª Região Militar CPOR BH Intimação assinada pelo coronel Otávio de Medeiros julho de 1969 Comunicada à Dilma Vana Roussef Av. João Pinheiro, 85 Apto 1001 [gallery

img525

AÇÕES DE GRUPOS DE EXTREMA DIREITA DURANTE ABERTURA

[gallery ids="22964,22965,22966,22967,22968,22969,22970,22971,22972,22973,22974"] A partir de 1976, durante o período de “abertura”, registrou-se uma atividade terrorista de direita. Uma sequência de atentados à bomba contra pessoas, órgãos da imprensa, livrarias, universidades e instituições

anistia2

DENÚNCIAS DIVERSAS DOS COMITÊS BRASILEIROS PELA ANISTIA

O movimento pela anistia ganhou muita força em fevereiro de 1978 com o nascimento do Comitê Brasileiro de Anistia, no Rio de Janeiro, uma ampla frente de várias

743898_39062 (1)

DITADURA CIVIL MILITAR DE OLHO NOS ESTUDANTES DO CEARÁ. 31 DOCUMENTOS REVELAM ESPIONAGEM NA UFC

Informe sobre a convocação feita pelo DCE a todos os estudantes da UFC, marcada para o dia 11 de março, no campus do Pici, Benfica e Faculdade de