CIDADE VERMELHA: A MILITANCIA COMUNISTA EM CAMOCIM

Arquivos para download:

CIDADE VERMELHA: A militância comunista em Camocim

– CE (1927- 1950). 2ª Edição

Dissertação de Mestrado apresentada ao Departamento de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Prof. Dr. Francisco Carlos Teixeira da Silva.

‘A significativa presença de categorias profissionais na cidade de Camocim ¬CE, nas primeiras décadas do século XX, em torno da atividade porto-ferroviária, representadas por carregadores do porto, ferroviários, funcionários públicos, salineiros, pescadores, agricultores e autônomos em geral, apontam para uma formação de um operariado local gravitando ao redor do Porto e da Estrada de Ferro, que se destacam pelo nível de organização em sociedades, associações beneficentes, clubes, sindicatos etc., além de apresentar uma tradição de movimentos reivindicatórios no interior do Estado do Ceará, como greves, comemorações e outras manifestações. É nesse contexto que pretendemos analisar a atuação da militância comunista nestes espaços de organização dos trabalhadores, onde idéias, digamos “revolucionárias” encontravam eco, principalmente entre ferroviários e portuários. Portanto, nossa preocupação é evidenciar a militância comunista em suas relações com outras militâncias existentes na cidade, notadamente com a reação católica, visto que, no Ceará e em grande parte do país, a produção historiográfica sobre o comunismo privilegia basicamente o Partido, as agências institucionalizadas ou se reportam a fatos importantes da história do PCB.’

Deixe seu comentário