DELEGADO DE MARINGÁ INTIMOU O PÁROCO LOCAL A MUDAR O SERMÃO

Após receber denúncia de que o padre Ariovaldo Robles estava fazendo sermões subversivos, o delegado de Maringá, intimou o referido Pároco a comparecer na delegacia de polícia.

Na presença de vários agentes e de forma ameaçadora, o delegado proibiu o padre de criticar as autoridades.

Informe da Delegacia de Maringá 29 de maio de 1969

 

Compartilhe:

Arquivos para download:

Deixe um comentário

Todos os campos sinalizados (*) são obrigatórios