DEPOIMENTO NA ÍNTEGRA DO CORONEL PAULO MALHÃES À COMISSÃO DA VERDADE DO RIO DE JANEIRO

No dia 30 de maio de 2014, o tenente coronel Paulo Malhães, foi ouvido pela Comissão Estadual da Verdade, do Rio de Janeiro.

Foi a primeira vez que o ex-agente do Centro de Informações do Exército confessou oficialmente seus crimes. Antes, ele foi entrevistado pelos jornalistas Chico Otávio e Juliana Dal Piva.

No depoimento à Comissão Estadual da Verdade, Malhães admitiu envolvimento em torturas, mortes e ocultação de corpos de vítimas da ditadura. E deu detalhes de como funcionava a chamada Casa da Morte, em Petrópolis (RJ), um centro clandestino de torturas onde foram mortas cerca de 20 pessoas.

Revelou ainda sua participação nas prisões aos membros da VPR no Rio Grande do Sul e detalhes da cilada que e julho de 1974, redundou na morte no Parque Nacional do Iguaçu, de seis membros da Resistência à ditadura militar que se encontravam exilados em Buenos Aires.

 

Compartilhe:

Arquivos para download:

Deixe um comentário

Todos os campos sinalizados (*) são obrigatórios