HISTÓRICO DISCURSO DE LEONEL BRIZOLA LOGO APÓS O GOLPE MILITAR DE 1964 EM TRÊS PARTES

Um histórico discurso pronunciado por Leonel Brizola, nos primeiros dias de abril de 1964, em Porto Alegre-RS, está disponível no Youtube. Em frente à Prefeitura porto-alegrense, contando com a transmissão da “Rádio Nacional da Legalidade”, e acompanhado por dois correligionários trabalhistas – o deputado federal Wilson Vargas e o representante da mocidade do partido (PTB), Claudio (inaudível) Rocha –, o então deputado federal Brizola preconizava a resistência popular e de frações militares nacionalistas ao golpe militar-empresarial que marchava aceleradamente.

Tentava-se reeditar a campanha da Legalidade de 1961, que assegurou a posse de João Goulart na Presidência. Brizola assinalava a importância da greve geral na Guanabara (atual cidade do Rio de Janeiro), assim como preconizava a mesma medida para as classes trabalhadoras de São Paulo, contra a “tentativa de golpe” dos “gorilas”, das “oligarquias” e do “capitalismo internacional”.

​Ademais, saudava a colaboração do 3º Exército e apelava aos sargentos, aos fuzileiros navais e ao almirante Aragão, para a resistência contra a “ação criminosa” de uma “minoria” e do “Governador Carlos Lacerda”. Pedia igualmente a João Goulart que não renunciasse ao cargo e à resistência. Discursos dramáticos de Brizola e dos seus companheiros trabalhistas, norteados por valores nacionalistas e anti-imperialistas.

Seguramente os três recursos de áudio disponibilizados no Youtube configuram relevantes registros históricos, que lançam luzes sobre a época, bem como complexificam a convencional abordagem que destaca uma passividade popular e das esquerdas em relação ao golpe. Por fim, vale observar que a informação na abertura dos vídeos refere-se a 1961, mas os pronunciamentos deixam claro que ocorreram no calor dos idos de abril de 1964.

Compartilhe:

Deixe um comentário

Todos os campos sinalizados (*) são obrigatórios