DOCUMENTOS POLITICOS DAS ORGANIZACOES DE ESQUERDA DOS ANOS 1961/1071

O presente volume tem como objetivo promover uma introdução ao pensamento político da Nova Esquerda, entre 1961 e 1971. Com a expressão “Nova Esquerda” pretendemos abranger as organizações e partidos políticos clandestinos que surgiram no país em oposição e como alternativa ao Partido Comunista Brasileiro — PCB — e que se propunham a dirigir as lutas sociais e políticas do povo brasileiro, encaminhando-as no sentido da liquidação da exploração social, da dominação do capital internacional e da construção de uma sociedade socialista. A expressão “nova” quer significar, neste contexto, “diferente”, e não deveria sugerir a impressão de que temos a intenção de caracterizar as forças políticas até então existentes como “velhas”, na acepção pejorativa do termo, ou seja, ultrapassadas. Estão reunidos neste volume textos básicos para a compreensão do pensamento político da Nova Esquerda. As organizações ou partidos estão representados pelas respectivas linhas políticas ou por documentos considerados relevantes. As de mais longa trajetória e/ou que tenham passado por significativas mudanças no período em questão aparecem com dois textos — Ação Popular (AP), Partido Comunista do Brasil (PC do B), Ala Vermelha (PC do B-AV). Todas as organizações ou partidos aparecem com, pelo menos, um texto, transcrito na íntegra do original. A única exceção — quanto à transcrição na íntegra — é constituída pela Vanguarda Armada Revolucionária-Palmares (VAR-PALMARES), de cujo texto, por razões de espaço, foram excluídas as apreciações sobre a formação histórica do país e sobre a luta de classes em escala internacional. Restaria ainda esclarecer que, no caso das organizações e partidos que aparecem com dois textos, o segundo é apresentado em forma de extratos.”

Organizado por Daniel Aarao Reis e Jair Ferreira de Sa

http://www.marxists.org/portugues/tematica/livros/diversos/imagens.pdf

Compartilhe:

Deixe um comentário

Todos os campos sinalizados (*) são obrigatórios