SNI INVESTIGOU ENVOLVIMENTO DA VPR COM EXERCITO VERMELHO JAPONÊS

Serviço Nacional de Informações – SNI

Encaminhamento 142/60/75

24 Fev 1975

Nihon Sekigun é um grupo que surgiu em meados de 1969. Os universitários japoneses agrupados na poderosa  Federação de Estudantes, protestavam contra as universidades privadas a quais acusavam de “preparar mão de obra para servir os monopólios”, além de serem más formadoras e excessivamente caras. No crescente movimento de protesto conviviam formações diversas como a Liga Marxista Leninista, de tendência maoista; a Federação Trotskista; e as Juventudes Comunistas. Os partidos políticos se mostravam incapazes de solucionar os problemas do povo e a apatia das pessoas se refletia em que mais de 30% dos eleitores não íam às urnas quando tinham que eleger representantes. Cansados das eternas discussões e dispostos a “passar à ação”, uns 400 universitários de origem pequeno-burguesa se desligaram da Federação Trotskista e formaram o Exército Vermelho.

A descoberta do nome do ex-banido Antônio Expedito Pereira como conexão do Exercito de Libertação da Palestina com o grupo, acionou os órgãos de informação da ditadura militar brasileira , que abriu em todo território nacional a busca frenética aos japonese.

 

Compartilhe:

Arquivos para download:

Deixe um comentário

Todos os campos sinalizados (*) são obrigatórios